Em altura de pandemia (COVID-19) as pessoas com deficiência ficam duplamente penalizadas

as pessoas com deficiência ficam abandono

As pessoas com deficiência estão a sofrer duas vezes mais nesta pandemia, pelo o isolamento e pelo abandono do assistente á vida independente.

A Associação Centro de Vida Independente, lançou ontem um alerta que não pode ser ignorado

Esta Associação é uma organização de pessoas com deficiência que tem tido um papel extraordinário na luta pelo cumprimento da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência,

Em situações normais as pessoas com deficiência e suas famílias já conhecem o que é o isolamento.

Neste tempo de pandemia ouve Centros de Apoio à Vida Independente que reduziram ou mesmo interromperam a assistência pessoal a pessoas dependentes.

Com o encerramento das escolas e instituições as famílias sentem-se desamparadas no apoio às crianças e adultos com deficiência.

Também não estão garantidas as condições de trabalho dos assistentes pessoais e há graves insuficiências nas condições de informação e de tratamento, por exemplo, das pessoas surdas.

Para alguns casos de deficiências o assistente pessoal é muito importante para a sua independência.

 

Recommended Posts